Geral

Geral - 11/03/2019
Dia Internacional da Mulher é marcado por protestos

Dia Internacional da Mulher é marcado por protestos

TEXTO: +A -A
O som ecoava pelas principais ruas do centro de Fortaleza. O comércio não parou, mas os trabalhadores assistiam atentamente as milhares de vozes que pedia um basta. Mulheres, homens e crianças de todas as raças caminhavam e trazia mensagens em blusas, faixas, bandeiras e cartazes – não a violência doméstica.
Diretores do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece) estavam entre as milhares de pessoas que participavam, nessa sexta-feira (8), no Dia Internacional da Mulher, do ato  em defesa da “Vida das Mulheres”. Os militantes expuseram casos que vitimaram mulheres de luta como a vereadora e socióloga Marielle Franco.
Os manifestantes também destacaram os reais prejuízos, caso a reforma da Previdência seja aprovada pelo Congresso Nacional. Os ataques serão, em especial, contra todas as mulheres que, mesmo com a dupla jornada de trabalho laboral e de casa, terão o tempo de contribuição alterado de forma prejudicial. Por fim, convocaram todos os trabalhadores para uma paralisação geral no dia 22 de março.