Geral

Geral - 12/12/2017
Sindicatos deliberam por Ato Público em defesa do SUS

Sindicatos deliberam por Ato Público em defesa do SUS

TEXTO: +A -A

Sindicalistas ligados diretamente ao segmento saúde, além de representantes das três principais centrais sindicais, debateram na tarde desta terça-feira (12), no Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece), sobre as reais condições das unidades de saúde do Estado. O grupo visa criar estratégias para defender o Sistema Único de Saúde, além de levar a mensagem aos governantes que a saúde não é mercadoria e não esta a venda.

Cortes na rede pública e congelamento nos investimentos da saúde e educação pelos próximos 20 anos, com a Emenda Constitucional 95, foram os principais pontos discutidos entre os dirigentes. O movimento buscará, prioritariamente, o contato com o usuário do SUS. Esse trabalhado informativo fará com que a população entenda que a saúde pública é essencial para uma sociedade justa. O desmonte na área acontece há anos, mas tem piorado nas esferas municipal, estadual e federal. Não é justo deixar pacientes morrer por falta de material cirúrgico, como tem ocorrido nos últimos meses no Ceará.

Para tanto, as entidades representativas convocam todos para um grande “Ato Público” marcado para o próximo dia 19, em frente ao Instituto Doutor José Frota, no centro de Fortaleza, LUTA PELO SUS E CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA, no dia ocorrerá à manifestação contra a reforma da Previdência, na Praça da Bandeira.
O ato está sendo organizado pelo SINPRECE, SINDSEF, SENECE, SINDFORT, FÓRUM EM DEFESA DO SUS, CRESS/CE, CREFITO, COREN/CE, SINDIODONTO, CRITICA RADICAL, SINDSAÚDE, CSP CONLUTAS, CTB E CUT.