Geral

Geral - 22/10/2018
Sinprece em defesa da democracia

Sinprece em defesa da democracia

TEXTO: +A -A

Estamos diante de um momento histórico e atípico na política brasileira, casos de violência, ódio e intolerância marcam os noticiários. A democracia segue ameaçada desde o simples desrespeito pela decisão do voto, que é sigiloso, as diversas agressões físicas e psíquicas que são praticadas em via pública e até no ambiente laboral. A intolerância está na contramão dos direitos humanos e apresenta um impacto de negatividade que, certamente será revelado em data posterior nas enciclopédias pedagógicas.

As divergências de opiniões são naturais e aceitáveis, todavia, se tornam preocupantes e reprováveis quando os indivíduos sentem-se amedrontados ao expor suas reais expectativas acerca de um pleito presidencial. Não existe qualquer explicação que justifiquem estes fatos – apenas a intolerância – ação insuportável para muitos, pois além de burlar normas e regras, impacta diretamente na vida dos cidadãos.

Vale ressaltar que o processo de redemocratização completou 30 anos, após as lutas encabeçadas por movimentos sindicais e sociais. Houve derramamento de sangue, famílias perderam seus entes queridos, mas o triunfo foi alcançado, garantindo o direto de todos de manifestar e expressar conceitos políticos e ideológicos. Portanto, não podemos aceitar esse crescente movimento de ódio e ameaça aos indígenas, quilombolas, mulheres, homossexuais e classes menos favorecidas. A Constituição Brasileira garante direitos iguais a todos! Devemos ter a clareza do risco iminente e do caos que poderá se instalar em nossa nação.

Por fim, diante desta triste realidade, o Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece), que sempre esteve ao lado da categoria e contra qualquer governo que retira direitos, vem se posicionar contra qualquer ameaça ao Estado Democrático de Direito por entender que a presente conjuntura aponta para riscos reais contra a Democracia, as liberdades individuais pertencentes a humanidade e não só aos brasileiros e, principalmente, a harmonia dos freios e contrapesos estabelecida pelos limites de atuação dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, onde não é permitido nenhum Poder invadir a esfera de competência do outro sob pena de fazer ruir o alicerce de sustentação das instituições, do pacto de convivência social e do próprio Estado Brasileiro!

O Sinprece reafirma que, independente do governo ou partido político que vença as eleições, estará firme e atento para a luta em defesa dos servidores e da Democracia.