Geral

Geral - 13/11/2019
Atual conjuntura política é discutida em reunião na APS Fortaleza – Centro

Atual conjuntura política é discutida em reunião na APS Fortaleza – Centro

TEXTO: +A -A

Diretores do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e (Sinprece) estiveram reunidos no dia 6 de novembro com servidores da APS Fortaleza – Centro, onde debateram pontos acerca da atual conjuntura política no Brasil. Os constantes ataques por parte de todos os governos contra o serviço público foi o ponto prioritário da discussão. Além disso, os servidores também expuseram as constantes situações vexatórias em meio  a insatisfação dos segurados para com a sistematização operacional alterada na atual gestão.

A partir da referida abordagem surgiram alguns exemplos tais a uma lan house, em Fortaleza, localizada em frente a uma agência do INSS que cobra R$ 20,00 para realizar o agendamento virtual. O fato comprova que o atendimento digital é inoperante para cidadãos que não têm acesso a internet. Os pedidos de aposentadoria e a falta de concurso também foram debatidos. Carmem Marques, representante da Fenasps no Ceará, relatou que em 2015 já havia um déficit de 16 mil vagas, fato inclusive denunciado em relatório do Tribunal de Contas da União (TCU). O documento apontava a falta de compromisso do governo.

Os diretores do Sinprece consideraram o movimento INSS off-line como referência de ações sindicais inovadoras, todavia, ressaltaram a importância de um maior engajamento para cobrar um posicionamento emergencial da pasta, pois após a reunião realizada em Brasília com o diretor Renato Vieira, nada foi de concreto resolvido.