Geral

Geral - 01/11/2019
AI-5 nunca mais

AI-5 nunca mais

TEXTO: +A -A

Registramos mais uma semana de ataques por parte da família Bolsonaro. Desta vez Eduardo Bolsonaro declarou que o país estava preparado para possíveis ações radicais da esquerda, aventando a possibilidade de ressurgimento de um dos piores momentos da história recente do país, um momento de supressão de garantias individuais e da própria democracia ao referir-se a uma possível reedição do AI-5, o mais duro e violador decreto editado pelo regime militar durante o governo do presidente Costa e Silva. A afirmação veio durante entrevista em um canal Web, com transmissão pelo YouTube, mas logo ganhou repercussão na mídia convencional.

Parlamentares, inclusive correligionários, consideraram a fala um grave ataque a Democracia a aos princípios que regem a Constituição Federal, prometendo denunciar o caso perante o conselho de ética da casa legislativa. Além disso, partidos políticos asseguram que o posicionamento é caracterizado como apologia à Ditadura Militar e afirmaram que pedirão a cassação do deputado. Ao perceber a repercussão negativa, Eduardo utilizou as mídias sociais para se retratar, mas a situação somente piorou.

Lamentamos tal atitude vinda de um representante do povo elevado a tal condição pela maior demonstração prática da democracia, pelo sufrágio universal, pelo voto!