Geral

Geral - 05/03/2018
Assembleia define servidores como representantes no encontro de peculistas e plenária da Fenasps

Assembleia define servidores como representantes no encontro de peculistas e plenária da Fenasps

TEXTO: +A -A

Filiados ao Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece) participaram na tarde dessa sexta-feira (2), da Assembleia Geral para escolha de delegados para encontro de peculistas e Plenária da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps).

Os diretores propuseram, na abertura do encontro, uma homenagem à sindicalista Marilene Torres. Os servidores assistiram ao vídeo com algumas ações desenvolvidas pela sindicalista e, na ocasião, fizeram um minuto de silêncio.

Seguiram aos informes gerais com os seguintes pontos: ação com aposentados no Supremo Tribunal Federal (STF), funcionamento das agências do INSS em 19 de março (Dia de São José), agenda de lutas da Fenasps e reforma das APS de Camocim e Guaraciaba do Norte após denúncia do Sinprece.

Dando continuidade aos informes, os diretores relembraram da campanha publicitária do Sinprece contra a reforma da Previdência (TV, Rádio, Impressos e mídias sociais), também se mostraram solidários aos moradores do Rio de Janeiro que sofrem com a intervenção militar.

Após decisão e votação da chapa que representará a categoria nos dois eventos, os dirigentes seguiram com informes jurídicos e GEAP. Sobre o tópico em pauta, os diretores comunicaram que Fenasps entrará com ação coletiva buscando aumentar o valor da participação per capita paga pelo Governo ao plano de saúde da GEAP. Atualmente o Governo paga algo em torno de 8% a 12%, mas a intenção da ação é que o Governo pague 50%. Os sindicatos também entrarão com as ações nos respectivos estados.

A outra questão apresentada foi que os servidores que receberam o pecúlio por meio de uma ação judicial movida pela Anasps e que na época tinham menos de 60 anos, tiveram o multiplicador rebaixado para 10, contudo, tais servidores poderão agora retornar para o multiplicador 50, sendo necessário, para tanto, pagar 12 meses no novo multiplicador e assim melhorar o cálculo de seu pecúlio. Outras informações os filiados devem procurar a assessoria jurídica do Sinprece.