Geral

Geral - 15/03/2018
Assistentes Sociais são homenageadas em “Solenidade Comemorativa aos 25 anos do Código de Ética Profissional”

Assistentes Sociais são homenageadas em “Solenidade Comemorativa aos 25 anos do Código de Ética Profissional”

TEXTO: +A -A

O Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece) parabeniza a servidora aposentada do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Irma Moroni, e a diretora desta entidade, lotada na GEXJUA, Umbelina Maria Urias Novais, pela  homenagem realizada pelo Conselho Regional de Serviço Social 3ª Região CRESS/CE, nessa terça-feira (13), durante “Solenidade Comemorativa aos 25 anos do Código de Ética Profissional do/a Assistente Social”. Neste evento promovido pelo CRESS/CE foram homenageados às/aos assistentes sociais que fizeram parte da aprovação e implantação do Código de Ética e que militaram em defesa dos direitos dos trabalhadores nas décadas de 1980 e 1990  tendo papel fundamental na construção, publicação e efetivação do referido código.

Fique Sabendo

O dia 13 de março é uma data ímpar para o Serviço Social brasileiro. Foi nesta data que, em 1993, o Conjunto CFESS CRESS aprovou o atual Código de Ética e, de lá para cá, foram realizadas algumas adequações no sentido de tornar este instrumento cada vez mais equânime e palpável para que a categoria fortaleça suas bandeiras de luta.

O Código de Ética de 1993 é uma revisão do Código de Ética de 1986, em que foram reafirmados os seus valores fundamentais – a liberdade e a justiça social – e incorporados novos valores e princípios a partir da exigência da nova ordem democrática.

A democracia radical é tomada como valor ético-político central e exige compromisso dos/as assistentes sociais com os/as usuários/as das políticas sociais, a defesa intransigente dos direitos humanos, da cidadania, justiça e igualdade social, considerados princípios fundamentais para a profissão. Assim como, a posição contrária a qualquer forma de autoritarismo, exploração, dominação e opressão.

Fonte de pesquisa: cress-ce.org.br