Geral

Geral - 06/05/2021
ELEIÇÃO SINPRECE

ELEIÇÃO SINPRECE

TEXTO: +A -A

A diretoria colegiada do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social, no Estado do Ceará(SINPRECE) realizará, em breve, uma consulta aos servidores filiados sobre a realização das eleições de diretoria para o próximo triênio.
Esta consulta à categoria acontecerá em assembleia geral por videoconferência.

O adiamento das eleições ocorreu em plena expansão da pandemia do coronavírus, com registros de servidores acometidos pela doença e óbitos dos trabalhadores e de familiares. Mesmo à frente da política nacional negacionista, o Sinprece reafirma o compromisso em defesa da vida.

Proteger nossos filiados sempre foi uma prioridade, sobretudo, neste momento de crise sanitária com uma segunda onda devastadora.

Vale destacar que mesmo existindo vacinas os noticiários estão sempre informando situações vexatórias sobre a falta de imunizantes, que não atendem aos dos grupos prioritários e de risco.

Em reunião, a atual diretoria decidiu, em maioria de votos, pela prorrogação do mandato no mês de março de 2020 até dezembro de 2020, mesmo depois de publicação do edital da eleição em jornal de grande circulação, em decorrência do primeiro lockdown no Estado.

No entanto, na data definida, como ainda não havia vacinas, o Sinprece constatou através de fiscalizações e denúncias o adoecimento de servidores que estavam trabalhando e, a partir daí a diretoria definiu, por maioria de votos, prorrogar o mandato até 31 de maio de 2021.

Lembrando que desde dezembro de 2020 até a data presente nosso Estado foi acometido por uma segunda onda do coronavírus ainda mais forte que atingiu todas as faixas etárias.

Diante da problemática, a diretoria colegiada definiu que um novo processo eleitoral deve acontecer, segundo todos os critérios estatutários, com prazos legais e publicação, a fim de informar o cronograma do pleito à categoria, mas que será definido pela categoria em assembleia virtual a ser realizada no dia 13 de maio, às 15h, com intuito de referendar a decisão da diretoria que busca, neste momento de crise sanitária proteger seus filiados.