Notícias

Notícias - 02/09/2010
Políticas públicas têm que garantir qualidade do local de trabalho de servidor

Políticas públicas têm que garantir qualidade do local de trabalho de servidor

TEXTO: +A -A

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse hoje (31) que, antes de avaliar a saúde laboral dos servidores federais, é necessário avaliar as mudanças pelas quais a sociedade passou nos últimos anos. “Várias doenças têm surgido no país, que, antes, eram exclusivas de países desenvolvidos, como os Estados Unidos. Todas essas enfermidades são reflexos de mudanças no perfil da sociedade brasileira, que tem envelhecido mais rapidamente por causa do excesso de trabalho e de mudanças nos hábitos alimentares”, disse Temporão, ao abrir o 3º Encontro Nacional de Atenção à Saúde do Servidor e o 2º Fórum de Saúde Mental, em Brasília.

O ministro destacou que os funcionários públicos não trabalham apenas para o governo ou para a União, eles trabalham também para a sociedade. Por isso, enfatizou, é necessário cuidar de políticas que garantam a qualidade do local de trabalho para os servidores. “O espaço onde se trabalha também pode representar dor e sofrimento. Para que isso não aconteça, é necessário fazer todo um esforço para os funcionários produzirem mais e continuarem com qualidade de vida”.

Temporão observou que, apesar das inovações tecnológicas trazerem avanços para a área da saúde, há um outro lado onde o acesso das pessoas a esse serviço é restrito. “A tecnologia é muito positiva na saúde laboral, mas temos que lembrar que, quando temos procedimentos não invasivos em cirurgias e novas fórmulas de medicamentos, todas essas inovações trazem aumento de custo para a área da saúde, o que afasta o acesso das pessoas. Fonte: Agência Brasil