Geral

Geral - 02/12/2019
Servidores com pendências cadastrais podem ter o pagamento suspenso

Servidores com pendências cadastrais podem ter o pagamento suspenso

TEXTO: +A -A

Os servidores públicos federais devem estar atentos aos dados cadastrais. Trata-se de um comunicado urgente, visto que poderão ocorrer cortes no pagamento daqueles que estão com pendências junto à superintendência do respectivo órgão de lotação ou através do setor de recursos humanos. E os casos são bem simples: endereço incompleto, número de Pasep, mulheres que casaram e não atualizaram a alteração do nome, etc. Contudo, mesmo sem um aviso prévio do governo, essas incoerências cadastrais acarretarão prejuízos aos servidores que, já na próxima folha, poderão ficar sem receber o salário.

Como não houve uma comunicação oficial, o servidor toma conhecimento ao consultar o contracheque online. O dispositivo eletrônico traz uma informação para “Pendências Cadastrais” para o cumprimento do eSocial. Para tomar como exemplo, citamos uma observação feita em uma matéria publicada no site do Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Estado de Pernambuco: “Só no Ministério da Saúde, em todo o Brasil, 12.500 pessoas estão com pendências cadastrais”. As atualizações poder ser realizadas através do site eSocial.