Notícias

Notícias - 07/09/2020
Servidores dizem não ao retorno do atendimento presencial e deliberam pela Greve Sanitária

Servidores dizem não ao retorno do atendimento presencial e deliberam pela Greve Sanitária

TEXTO: +A -A
O Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece) reforça aos filiados que, no dia três de setembro passado, durante assembleia virtual específica do INSS, foi aprovado o indicativo de “Greve Sanitária” e a continuidade do trabalho remoto enquanto durar o estado de calamidade pública provocada pela pandemia da covid-19, a qual expõe em risco a vida dos servidores, de suas famílias e da população em geral e pela não reabertura imediata das agências.
A decisão foi delineada por maioria dos votos, levando em consideração os números da covid-19 que fez milhares de vítimas. Além disso, é válido lembrar que o achatamento tímido na curva epidemiológica nesta pandemia é somente em algumas regiões, já que outras estão em alerta pelo agravamento do doença, acendo enorme diferença em relação ao enfrentamento da doença entre a capital e o interior do estado.
O Sinprece, à frente da decisão, reafirma o compromisso não somente com os servidores, mas com integrantes da sociedade assistidos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).