Geral

Geral - 24/04/2018
Servidores do INSS ocupam por tempo indeterminado o prédio da autarquia em Brasília

Servidores do INSS ocupam por tempo indeterminado o prédio da autarquia em Brasília

TEXTO: +A -A

Servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) permanecem ocupando a sede da autarquia em Brasília. Sindicatos representativos da categoria enviaram ônibus de vários estados. Neste momento, cerca de 200 pessoas reivindicam o concurso público imediato, bem como a nomeação dos aprovados no certame vigente. “Exigimos a reposição no quadro de funcionários. O INSS não pode entrar em colapso”, declarou Antônia Tavares, diretora do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece). A sindicalista recorda que outras reuniões já foram requeridas e um ofício foi protocolado no Ministério do Planejamento, mas não houve retorno da pasta.

O documento denuncia a falta de servidores e detalha que muitos estão na faixa etária de ingressar com a aposentadoria.  A situação é bem mais complexa nas cidades interioranas do Brasil, pois existe a possibilidade de fechamento de algumas agências, conforme informação do sindicato. Paralisações também foram registradas em outros estados, onde os servidores protestam  contra a reforma da Previdência e as péssimas condições  de trabalho.

Há pouco, os manifestantes conversaram com policiais militares pela janela, visto que a porta principal está fechada. Os militares comunicaram que a ocupação será acompanhada pela Polícia Federal. Enquanto isso, os servidores seguem o protesto pacífico e ocupam todos os setores do prédio. O grupo afirma que somente sairá da repartição quando for recebido pelo presidente do INSS. O Sinprece enviou os diretores Luciano Simplício, Neirenoi Fortaleza, Antônia Tavares, Crizeuda Freire e Francisco Chaves.