Geral

Geral - 02/11/2017
Servidores públicos prometem ingressar na justiça contra alterações que aumentam a alíquota da previdência

Servidores públicos prometem ingressar na justiça contra alterações que aumentam a alíquota da previdência

TEXTO: +A -A

A assessoria jurídica da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) comunicou nesta quarta-feira (1º), aos sindicatos filiados, que haverá a construção de uma nota técnica a partir do diagnóstico da edição da Medida Provisória nº 805/2017.

A mudança aconteceu no dia 30 de outubro e prejudicará diretamente o servidor público que, a partir de 1º de fevereiro de 2018, pagará um aumento na contribuição previdenciária. A alíquota passará de 11% para 14%.
O trabalhador que recebe o teto do INSS, atualizado no ano corrente em R$ 5.531,31, permanecerá em 11%. Já o pagamento que ultrapassar o teto terá um acréscimo de 3%. Além disso, a mudança prevê, ainda, o congelamento no salário por um ano.

A noticia foi destaque em diversos sites de sindicatos e, no blog “nosdoinss”, o editor destacou que a alteração vai afetar cerca de 700 mil servidores federais do Executivo. Aqueles do judiciário e Legislativo já prometem ingressar com uma ação na justiça.